Buscar

57 milhões de doses da Coronavac serão distribuídas gratuitamente por transportadoras

Durante a primeira reunião de 2021 do Comitê Empresarial Solidário, responsável por arrecadar fundos para o combate à pandemia do novo coronavírus no Estado de São Paulo, o presidente do Conselho Superior e de Administração do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas de São Paulo e Região (SETCESP), Tayguara Helou, fez o pronunciamento da iniciativa do setor de transporte de cargas de São Paulo em fazer o transporte de forma gratuita de 50 toneladas da vacina contra o vírus.


Esta operação será feita em modal de carga lotação com 10 caminhões com capacidade de 5 toneladas em um raio de até 150 km da capital paulista. Entretanto, após a reunião, a entidade tomou a decisão de dobrar os números resultando no transporte gratuito de 100 toneladas de vacinas da Coronavac, podendo chegar até 57 milhões de doses.


Com mais de 80 anos, a entidade disponibiliza uma completa gama de serviços para mais de 21.000 transportadoras em 50 municípios do estado de São Paulo, contando com 3.000 associadas.


Helou ressaltou a fala do governador do estado de São Paulo, João Doria, ao pontuar que a vacinação é prioridade nesse momento, além de salientar a importância do segmento para a fazer com que a vacina chegue ao país todo. “Gostaria de dizer que nós do SETCESP estamos preparados e mobilizados para ajudar nesta distribuição, a fim de conseguirmos efetivamente dar início à vacinação, resolver o problema e termos a retomada do desenvolvimento econômico do país”, finalizou o presidente da entidade, que teve a fala recebida com aplausos por parte de Doria e pelos demais participantes.


O governador congratulou o posicionamento e se mostrou receptivo à ação do segmento. “Reclamar não resolve, o que resolve é atitude. Parabéns, fico muito orgulhoso de ouvir manifestações como esta”, disse Doria.


O apoio logístico terá início no mês de janeiro, a partir da liberação das primeiras doses de acordo com o cronograma do governo do estado de São Paulo.


Por Fetcesp

08/01/2021