Buscar

82,6% das empresas em Goiás acreditam em retomada da economia em 2021, diz estudo

Empresas de Goiás reclamam da dificuldade para ter acesso ao crédito e dizem que 2021 foi ano de recuperação


Por Mais Goiás

29/10/2021


Foto: Agência Brasil



Um estudo realizado pela Associação Comercial e Industrial de Goiás (Acieg) mostra que 82,6% das empresas do Estado acreditam na retomada da economia em 2022. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira e projetam o otimismo da iniciativa privada depois de dias difíceis na pandemia.


“O empresário está muito otimista, mas o otimismo diminui a partir do momento em que ele precisa de crédito para incrementar as vendas, comprar matéria-prima ou contratar um serviço. Estamos conservadores na previsão de crescimento de PIB ao estado de Goiás e ao Brasil, diferente do otimismo que a sondagem mostrou”, afirma Rubens Fileti, presidente da Acieg.


2021 foi ano de recuperação para empresas


O levantamento releva que 2021 foi um ano de recuperação para os empresários entrevistados. 41,9% dizem que conseguiram atingir um patamar de vendas semelhante ao do período pré-pandemia. ” As empresas se organizaram e pegaram o crédito na medida que precisavam, dentro da pandemia”, afirma.


Os dados reforçam o discurso de entidades classistas de que é preciso facilitar o acesso dos empresários ao crédito. 20% das pessoas ouvidas reclamam que não conseguiram captar recursos para fazer o negócio girar. “É uma bola de neve. Se você não consegue crédito, não tem dinheiro, não tem liquidez, tem que mandar funcionários embora, não tinha como pagar as rescisões dos funcionários, então acaba acontecendo um grade problema”, diz Fileti.


Das 90 instituições associadas que foram consultadas, 61,6% tiveram até 30% da renda comprometida pela pandemia.