top of page
Buscar

Agronegócio brasileiro fecha primeiro semestre com superávit acumulado de US$ 74 bi

por imprensajul 24, 2023Notícias, Outros

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Resultado representa crescimento de 4,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo IPEA

O agronegócio brasileiro apresentou recorde no volume exportado no primeiro semestre de 2023. O resultado para o setor foi 4,2% maior do que em comparação ao ano anterior. O superávit acumulado é de US$ 74 bilhões para o setor. A análise foi realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o IPEA.

O agronegócio brasileiro fechou o primeiro semestre com superávit acumulado de US$ 74,07 bilhões – crescimento de 4,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

As exportações do setor foram de US$ 82 bilhões e as importações, de US$ 8,25 bilhões.

O saldo líquido se encontra 1,6% acima do observado em 2022.

Em relação ao observado no primeiro semestre, a balança comercial também foi superavitária, em US$ 45,06 bilhões. Este superávit corresponde a US$ 10,81 bilhões a mais do que o observado no ano anterior.

As importações do agronegócio representaram 6,8% do total importado pelo Brasil no primeiro semestre de 2023, mantendo-se relativamente estável ante igual período de 2022.

A participação do setor no total exportado entre janeiro e junho deste ano apresentou ligeira alta de 1,39 ponto percentual (p.p.) em comparação com igual período anterior, chegando a 49,7%.

Especificamente no mês de junho, o superávit comercial foi de US$ 14,11 bilhões e compensou o déficit apresentado em demais setores da economia brasileira no mês. Graças ao agronegócio foi possível para a economia brasileira fechar o último mês com superávit comercial. Ao todo, o superávit comercial registrado na economia brasileira foi 17% maior que em junho de 2022, em US$10 bilhões.

O período de março a maio costuma ser o mais forte para o agronegócio brasileiro, e é impactado fortemente pela colheita da soja e abate de bovinos. O período é seguido por uma estiagem sazonal nas principais regiões produtoras no segundo semestre, época em que costuma registrar saldos menos positivos para a balança comercial brasileira.

Vale ressaltar que o agronegócio atingiu o maior valor observado da série em maio deste ano, em US$ 16,6 bilhões.

As commodities com maiores altas acumuladas neste mês foram o açúcar, soja em grãos, farelo de soja, milho, arroz e carne suína. A soja em grãos lidera o grupo em volume exportado.

A exportação de açúcar também apresentou resultados favoráveis no primeiro semestre deste ano. Os resultados sinalizaram para uma recuperação do setor, pois este mesmo período em 2022 foi marcado por perdas para o produtor. Em seguida, está a recuperação dos cereais, com aumento de quase 60% no valor exportado.

As análises no setor de agronegócios foram realizadas pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o IPEA.

Comments


bottom of page