Buscar

Presidente da FENATAC faz balanço de 2020 e aponta expectativas para 2021


Trabalho realizado pela Federação em parceria com entidades do setor e filiadas foi fundamental para superação das dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19.


31/12/2020


Após doze meses de 2020, tanto o cenário nacional quanto o mundial estão completamente diferentes do imaginado no começo do ano. Pessoas, instituições, setores e países foram profundamente afetados pela pandemia e tiveram que aprender a conviver com a Covid-19. No balanço do ano da Federação Interestadual das Empresas de Transporte de Cargas (FENATAC), o presidente Paulo Lustosa comenta que 2020 trouxe dificuldades e barreiras a serem superadas pela entidade.


A FENATAC, como entidade sindical que tem por base o Distrito Federal e os Estados de Goiás e Tocantins, atuou prestando assistência aos sindicatos filiados e empresas associadas da região. O presidente destaca a importância do trabalho jurídico realizado pela Federação nos primeiros e intensos meses da pandemia. “À medida em que a disseminação da Covid-19 ia aumentando, decretos e restrições alteravam a legislação de tempos em tempos e tínhamos que acompanhar essas mudanças para orientar os empresários do setor”, lembra Lustosa.


Embora o transporte tenha sido considerado como atividade essencial, o fechamento de estabelecimentos que prestam serviços aos motoristas impactava o setor. “Como o profissional poderia sair sem a assistência necessária para si e para o veículo?”, questionava a FENATAC, que atuou pela reabertura de borracharias, restaurantes à beira de estradas e demais atividades complementares ao transporte em sua região de atuação, seguindo os protocolos sanitários e de segurança estabelecidos pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do DF (Fecomércio-DF).


Além disso, a entidade conseguiu uma linha de financiamento especial para as empresas de transporte com o Banco de Brasília (BRB) através do Fórum do Setor Produtivo do Distrito Federal. “Essa linha de crédito com juros subsidiados, carência e pagamento estendido foi um suporte importante para os empresários que necessitaram de capital de giro naquele momento”, aponta Lustosa.


O trabalho realizado em conjunto com as entidades que compõem a Federação foi outro fator de destaque de 2020 ressaltado pelo presidente da FENATAC. “É importante enaltecer todo o suporte oferecido aos associados e toda a categoria por nossos sindicatos filiados, SINDIBRAS, SETCEG, SETCESG, SETRAN E SINDICARGA-TO, e por seus presidentes. Essa parceria foi fundamental para que conseguíssemos superar esse período de dificuldades.”


Expectativas para 2021


A grande expectativa de Paulo Lustosa para 2021 é que o transporte, como uma atividade-meio, possa contribuir com o desenvolvimento do país. “Para isso, esperamos que a doença seja controlada, a população vacinada e que possamos enxergar um futuro melhor, no qual o comércio e a indústria tenham segurança e o Brasil consiga um crescimento sustentável.”


A legislação sobre o setor de transportes também é outra questão de importância para o ano que vem. O presidente da FENATAC destaca os projetos do Operador Logístico e da BR do Mar, ambos em trâmite no Congresso Nacional, que influenciam diretamente na atividade da categoria e que precisarão ser estudados e analisados criteriosamente.


Assim, para 2021 a Federação pretende se aproximar ainda mais das bases, dos sindicatos e das empresas filiadas, auxiliando também as que não são filiadas para que possam se associar e participar das importantes discussões do ano que vem. “Além disso, vamos elaborar um novo portal para a FENATAC, com clube de benefícios, parceiros e serviços para que o transportador se sinta impulsionado a participar de nossas atividades”, finaliza o presidente, ressaltando que o grande objetivo da entidade é valorizar tanto a atividade do transportador quanto as entidades de representação.

© 2021 FENATAC.

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
fenatac fb.png