Buscar

Bolsonaro vai se encontrar com empresários em SP para debater combate à pandemia

Em meio ao agravamento da pandemia e dos efeitos da crise sanitária na atividade econômica, o presidente desembarcará na quarta-feira em São Paulo para se reunir com grandes empresários


Por Valor

06/04/2021

Em meio ao agravamento da pandemia e dos efeitos da crise sanitária na atividade econômica, o presidente Jair Bolsonaro desembarcará na quarta-feira em São Paulo para se reunir com grandes empresários. O encontro entre o chefe do Poder Executivo e executivos terá Washington Cinel como anfitrião.


Segundo fontes, o objetivo do encontro é ampliar a interlocução com os empresários para a construção de soluções que ajudem no combate à pandemia, na aceleração da vacinação e na retomada da economia.


Em março, o presidente recebeu uma carta em que economistas, banqueiros e empresários pressionam por mudanças urgentes no combate à pandemia. Na carta intitulada “O País Exige Respeito; a Vida Necessita da Ciência e do Bom Governo”, enviada ao Planalto, Congresso e Supremo Tribunal Federal, os mais de, até então, 500 signatários alertam para o risco de o quadro atual “deteriorar-se muito se não houver esforços efetivos de coordenação nacional no apoio a governadores e prefeitos para limitação de mobilidade”.


Na ocasião, Bolsonaro criticou as medidas de isolamento social e disse que há tentativas de atacar o seu governo, e não o vírus.


Com a temática da reunião desta quarta-feira, Bolsonaro pretende demonstrar que está empenhado para superar a crise sanitária e seus efeitos.


Estrategicamente, o presidente deve levar ministros que tenham prestígio com os executivos, entre eles, Paulo Guedes (Economia), Fábio Faria (Comunicações) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutura).


Parte dos convidados do encontro com Bolsonaro e titulares da Esplanada se reuniu há duas semanas com os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na ocasião, os chefes do Poder Legislativo discutiram medidas para melhorar o combate à pandemia e ouviram críticas à atuação do ex-ministro Ernesto Araújo para importação de insumos e vacinas. Depois desse encontro, a pressão de integrantes do Congresso pela saída do ex-chanceler aumentou, o que acabou surtindo efeito.

© 2021 FENATAC.

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
fenatac fb.png