Buscar

Cratera começa engolir trecho da TO-130 após chuvas e número de rodovias comprometidas aumenta

Fonte: G1 - Tocantins

30/03/2022


O trecho da rodovia TO-130 entre Pindorama e Ponte Alta do Tocantins, na região sudeste do estado começou a desmoronar após fortes chuvas serem registradas na região. O trânsito está fluindo em meia pista e os motoristas devem redobrar a atenção. O estado tem pelo menos outros cinco trechos de rodovias estaduais danificados pelas chuvas, além da BR-226 no norte do estado.


A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) informou que o desmoronamento na TO-130 aconteceu no aterro da rodovia nesta segunda-feira (28), comprometendo o asfalto, nas proximidades do km 19 e do rio Balsas.


Equipe da Ageto está em deslocamento para o local para sinalizar o trecho e avaliar o quanto a estrutura da rodovia foi afetada, assim como as soluções possíveis. Até o momento não há necessidade de interdição ou desvio.


As imagens feitas no local mostram que a cratera engoliu o acostamento e começou a avançar na pista. No local ainda há uma ribanceira que pode representar riscos aos motoristas.


Outros trechos danificados


O período chuvoso causou problemas em praticamente todas as regiões do estado, deixando comunidades ilhadas e milhares de famílias desabrigadas ou desalojadas. As rodovias federais e estaduais também sofreram danos e interdições. Em janeiro o estado chegou a ter 15 estradas danificadas.


Atualmente o Tocantins tem pelo menos cinco rodovias com problemas estruturais causados pelo período chuvoso. De acordo com a Ageto, as obras de recuperação não podem ser feitas no período chuvoso. São duas totalmente interditadas e outras três com o trânsito de forma parcial.


As rodovias estaduais parcialmente interditadas têm o tráfego liberado em meia pista e desvios ao lado da via. Os trechos são:


  • TO-130 – Trecho Santa Tereza/Ponte Alta TO, no km 18;

  • TO-030 – Trecho Santa Tereza/ Lagoa do Tocantins;

  • TO-255 – Ttrecho Monte do Carmo/Ponte Alta do TO, próximo ao km 40, após a Usina Isamu Ikeda.


A TO-181, na região de Lagoa da Confusão, está totalmente interditada há quase um mês após uma inundação. Segundo a Ageto, não há como saber se houve danos na estrutura da via que ainda está debaixo d’água.