Buscar

Cresce o número de vagas no setor de transporte rodoviário de cargas

POR IMPRENSA | OUT 6, 2022 | NOTÍCIAS, OUTROS


Transportadora de Cascavel comenta o aumento de admissões no primeiro semestre de 2022 e como enxerga essa expansão para o segmento

De janeiro a junho de 2022, o setor de transporte rodoviário de cargas registrou 42.956 novas vagas de emprego em todo o país, de acordo com o Painel do Emprego no Transporte, iniciativa da Confederação Nacional do Transporte (CNT). Foram 18.420 trabalhadores a mais que no mesmo período do ano passado.

Para a Ghelere Transportes, empresa situada em Cascavel, no Paraná, as recorrentes admissões também foram sentidas nos primeiros seis meses do ano. “Contratamos cerca de 132 novos colaboradores e fechamos o mês de julho com apenas cinco vagas em aberto. Em 2021, contratamos 124 profissionais nesse mesmo período. Somos uma empresa que está em processo de expansão e crescimento”, diz Tatiane Rabuske, coordenadora de recursos humanos.

No Paraná, conforme informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), houve um crescimento de 0,7% no setor de serviços no mês de junho em comparação a maio. Esse crescimento foi atingido com destaque para a área de transportes (0,6%) conforme informado pela Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

Segundo a coordenadora, a vaga com maior admissão na empresa foi para motorista de carreta. Ela ainda ressalta como a transportadora encara esse crescimento: “Vemos essa ampliação como novos desafios de gestão, pois contratar essa quantidade de colaboradores não é tão difícil como mantê-los dentro da empresa. Com isso, estamos investindo em treinamento e em novas formas de administrar cada processo”.

Tatiane finaliza: “A Ghelere se prepara com essa evolução do setor por meio de processos bem organizados e de treinamentos especializados, teóricos e práticos, além de termos uma plataforma digital de capacitação que nos apoia nessa parte. Ainda, a nossa escolinha para motoristas também tem um grande foco em mulheres, visto que queremos expandir cada vez mais o espaço ao público feminino no segmento”.