Buscar

Deputado do MT cobra esclarecimentos da ANTT acerca do projeto de concessão da BR-364

Fonte: Circuito Mato Grosso

11/02/2022


Na sessão plenária desta quarta-feira (9), o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, oficializou um requerimento ao diretor Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Rafael Vitale Rodrigues, com cópia ao presidente do Tribunal de Contas de União (TCU), Ministro Jorge Oliveira, cobrando as informações necessárias, esclarecimentos e a cópia integral do projeto de concessão da Rodovia Federal BR-364 do trecho que compreende o entroncamento da BR-163 em Rondonópolis até a divisa de Mato Grosso com Goiás.


No documento o parlamentar solicita que sejam demonstradas, com destaque, as obras estruturantes de ligação e acesso das rodovias estaduais à BR, estabelecidas ao longo do projeto de concessão. O parlamentar também cobra o cronograma com as datas e os locais das reuniões das próximas audiências públicas para que todos os poderes constituídos, entidades e população participem.


Indignado com a forma que foi conduzida a audiência pública realizada no último dia 28 de janeiro em Rondonópolis, nas dependências do Hotel Transamérica, o parlamentar externou sua preocupação.


“Fiquei surpreso de como um assunto tão importante está sendo tratado. Os parlamentares desta Casa de Leis e os prefeitos que estão ao longo da rodovia não foram convidados, e o mesmo ocorreu com os vereadores, lideranças e outros poderes. Isso me deixou muito preocupado, porque se trata de um projeto de grande relevância, tendo em vista tudo o que passamos com essa concessão da Rota do Oeste de Rondonópolis até Sinop, com o caos que se encontra”, ratificou Nininho.


O deputado citou o exemplo da Avenida W11, em Rondonópolis, que liga à BR-364. “Para minha surpresa, neste trecho não tem previsão de acesso, e bem próximo a esse local já existe um ponto que constantemente acontecem acidentes”, contou o deputado.


Durante o seu pronunciamento, Nininho relatou todos os trechos ao longo da BR-364 com todos os acessos e também cobrou os contornos para os municípios de Alto Araguaia e Alto Garças para tirar o fluxo de carretas de dentro das cidades.


“Estou requerendo que a ANTT responda todos os questionamentos deste documento para que seja esclarecido se os acessos serão incluídos no plano de negócio. Quando se faz uma concessão e esses investimentos não são previstos, qualquer mudança posterior demora muito para ser autorizada. Nós não podemos deixar repetir o mesmo erro que ocorreu com a BR-163”, explicou o parlamentar. Nininho aproveitou e convidou os parlamentares da sua região para assinar o requerimento e juntos acompanhar o andamento do projeto.


O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado estadual Max Russi (PSB), confirmou sua assinatura no requerimento. “Faço questão de assinar o requerimento. Uma audiência tão importante e não veio convite para os deputados e prefeitos, depois acontece como ocorreu com o município de Juscimeira, onde a cidade ficou desassistida. O parlamento precisa participar dessas discussões”, asseverou Max Russi.