Buscar

Em parceria com a ONU, SEST SENAT de Brasília lança o projeto Oportunidades

Por SEST SENAT Brasília

13/08/2021



Nesta quarta-feira (11), o SEST SENAT de Brasília, localizado na cidade de Samambaia -DF, lançou juntamente com a Organização Internacional para as Migrações, um projeto que vai ajudar os migrantes venezuelanos que buscam uma nova vida em nosso país, a se integrarem e se capacitarem para trabalhar no setor de transportes.


A iniciativa busca investir na autonomia econômica dessas pessoas, bem como dos migrantes de outros países que procuram o Brasil para recomeçar a vida, qualificando-os para atuar em diversos setores ligados ao transporte. A capacitação de mecânicos, frentistas, operadores de máquinas e empilhadeiras, motoristas profissionais, são apenas algumas das possibilidades oferecidas.



Os migrantes também serão orientados sobre a legislação trabalhista brasileira, terão aulas de português e todo o apoio necessário para facilitar sua inserção no mercado de trabalho.

Segundo Michelle Barron, Gerente de projetos da O.I.M, “A intenção é dar oportunidade para que esses migrantes ocupem postos de trabalho justamente aonde existe mais carência de mão de-obra.”


Participaram do evento, além de representantes da CNT e do SEST SENAT, a diretora da virada feminina Martha Suplicy, a secretária de proteção global do ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, Mariana Neris, Ted Gehr, diretor da Missão USAID para o Brasil, Tales Mendes, Secretário do Trabalho do governo do Distrito Federal, membros de embaixadas e consulados, entre outras autoridades.



Em breve, os primeiros migrantes capacitados estarão prontos para serem absorvidos pelo mercado de trabalho, contribuindo com o crescimento do Brasil.