top of page
Buscar

Entidades se manifestam após deslizamentos nas rodovias do Paraná

POR IMPRENSA | NOV 30, 2022 | NOTÍCIAS, OUTROS

Foto: Divulgação/CBN Curitiba


O momento é de espera. Após os deslizamentos de terra nas rodovias BR 277, BR 376, no litoral do estado, há a preocupação também sobre desabastecimento, prejuízos para o setor produtivo, já que as rotas para o litoral sul do estado tiveram que ser redesenhadas com os bloqueios.

O presidente da Federação Empresas Transporte de Cargas do Estado do Paraná, Fetranspar, Coronel Sérgio Malucelli, afirmou que a entidade está acompanhando de perto a situação, que estão prestando auxílio aos profissionais que estão parados nos congestionamentos.

De acordo com o presidente do Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas e presidente do sindicato dos caminhoneiros de São José dos Pinhais, Plínio Dias, a preocupação no momento é com a segurança dos profissionais que estão nas estradas. Ele reforça a orientação aos motoristas.

O governador do estado do Paraná, Ratinho Junior também se manifestou. O chefe do executivo disse ainda que há risco de novos deslizamentos, a situação é de tragédia e o momento é de vigilância. Ratinho ainda diz que o Paraná está solidário com os familiares das vítimas dos deslizamentos.

Vale lembrar que o Governo do Estado declarou situação de emergência na região Leste do Paraná, que compreende municípios da Região Metropolitana de Curitiba e do Litoral. O decreto atende à recomendação da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, em razão das chuvas intensas que atingem a região desde o dia 25 de novembro.

A homologação da situação de emergência permite o apoio do Estado aos municípios atingidos, e caso tenha o reconhecimento federal, as cidades também recebem apoio da União. Além do envio de equipes e materiais, o decreto também possibilita o envio de recursos para esses locais, o que dá mais celeridade à recuperação das áreas atingidas para que a situação volte à normalidade.

コメント


bottom of page