Buscar

Estudo aponta que Mato Grosso lidera retomada da economia brasileira impulsionado pelo agronegócio

Por Só Notícias

27/05/2021



Mato Grosso deve registrar crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 41% e liderar a retomada da economia brasileira, de acordo com dados de uma empresa de consultoria que presta serviços na área de análise macroeconômica. O aumento está estimado entre os anos de 2010 e 2022.


Mato Grosso também lidera na projeção de crescimento para 2021, com aumento de 4,97%. Conforme a análise, o agronegócio é o principal condutor do crescimento do PIB estadual. O Estado é o principal produtor de grãos do país e deve ser o responsável por quase 30% da safra nacional este ano.


A consultoria projeta que a renda total gerada no país pelo agronegócio deverá atingir em 2021 o volume recorde de R$ 965 bilhões, com um salto de 40% na comparação com 2020 (R$ 687 bilhões).


A empresa apontou ainda que terão crescimento do PIB estadual esse ano, Amazonas (4,78%), Rio Grande do Norte (4.37%), Piauí (3,99%), Goiás (3,80%), Espírito Santo (3,75%), Rondônia (3,60%), Paraná (3,54%), Tocantins (3,54%), Bahia (3,49%), Maranhão (3,37%), Acre (3,35%), São Paulo (3,35%).


Além de Mato Grosso do Sul (3,30%), Minas Gerais (3,22%), Roraima (3,17%), Santa Catarina (2,97%), Paraíba (2,29%), Ceará (2,87%), Rio Grande do Sul (2,83%), Alagoas (2,67%), Pará (2,66%), Sergipe (2,47%), Distrito Federal (2,40%), Amapá (2,31%), Pernambuco (2,01%), Rio de Janeiro (2%).


Conforme Só Notícias já informou, na última sexta-feira, Mato Grosso deixou a classificação de risco C e conquistou nota A da secretaria do Tesouro Nacional relacionado a capacidade de pagamento do Estado. A nota é a mais alta no ranking de gestão fiscal e apenas mais dois Estados tem essa classificação – Espírito Santo e Rondônia. A maioria tem Nota C e, alguns com situação financeira mais crítica, nota D.


O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que nota A para Mato Grosso atrairá mais investimentos da iniciativa privada. ‘“E o que significa a Nota A? Significa que o Estado tem uma gestão sólida, que administra os recursos públicos com seriedade, dentro da legalidade, e que possui capacidade de pagar servidores, fornecedores e fazer investimentos em prol do cidadão”, afirmou o governador Mauro Mendes. “