Buscar

FENATRAN 2022 destaca caminhões com novas tecnologias das estradas

POR IMPRENSA | NOV 11, 2022 | EVENTOS, NOTÍCIAS, OUTROS

Foto: Divulgação/Fenatran


Pesados menos poluentes e elétricos são destaques no maior evento do setor de transportes de cargas da América Latina

A 23ª edição da Fenatran 2022, o maior evento do setor de transporte de cargas e logística da América Latina, que está sendo realizada em São Paulo, mostra toda a inovação tecnológica do segmento, com foco na eletrificação e sustentabilidade. O evento é considerado como vitrine de toda a modernidade que o mercado do transporte começa a levar para as estradas na boleia dos caminhões 2023.

São mais de 500 marcas presentes na Fenatran 2022. Além das montadoras de caminhões sediadas no Brasil, a feira que acontece no São Paulo Expo conta também com a exposição de equipamentos e acessórios que atendem o mercado de transportes em geral. A expectativa é que sejam gerados R$ 9 bilhões em negócios durante o evento.

O DMAutos esteve presente na Fenatran, a convite do pool de expositores, e acompanhou de perto todas as principais novidades do setor para os próximos anos. A Ford está presenta também na Fenatran 2022 com três novas versões da Transit: automática, chassi e elétrica.

Dentro das tecnologias que estão sendo apresentadas na feira, as voltadas para o controle de emissões são unanimidade entre os fabricantes. Os novos motores estão em conformidade com as normas do Proconve P8, equivalente ao Euro 6, nova fase do programa brasileiro de controle de emissões, equivalente ao Euro 6.

A nova legislação que olha para o meio ambiente entra em vigência em janeiro de 2023. Mercedes-Benz, Scania, Iveco, DAF, Volvo, Volkswagen fabricantes mostram seus novos propulsores dentro das novas normas do Proconve8. A Fenatran 2022 destaca também os caminhões eletrificados, essa nova realidade que as estradas começam a conhecer no País, embora motores a combustão terão ainda vida longa no mercado.

Volvo

O caminhão Volvo FM 100% elétrico, que chega ao mercado no próximo ano, é o principal destaque da marca sueca na Fenatran 2022. Com o modelo, a fabricante quer dar o primeiro passo para a descarbonização do transporte nos mercados em que atua.

A previsão da fabricante nórdica é vender é comercializar somente veículos 100% elétricos até 2040 ao redor do mundo. A Volvo vai iniciar os testes com o FM elétrico já no primeiro trimestre de 2023 no Brasil, convidando os clientes a conhecerem a tecnologia.

O Volvo FM Eletric foi desenvolvido para operações em grandes centros urbanos. O caminhão conta com seis baterias e tem autonomia de até 300 km. Seu PBTC (peso bruto total combinado) é de 44 toneladas.

O novo caminhão FM elétrico e novos motores não são as únicas novidades apresentadas no estande da Volvo. A marca está lançando também seu programa de locação de caminhões e equipamentos. O tema ganha força entre os fabricantes de caminhões, buscando como exemplos os bons resultados alcançados na Europa.

DAF

No estande das DAF as novas linhas de caminhões CF e XF são as novidades. Os modelos, também em conformidade com as novas normas do Proconve P8/Euro 6, têm custo operacional total até 10% menor. De acordo com a fabricante, a redução considerável de consumo é em decorrência da combinação de uma nova calibração de injeção de diesel nos motores MX-11 e MX-13, nova bomba d’água variável, sistema EGR que permite menos consumo de Arla 32 e o uso do Controle de Cruzeiro Preditivo. Esse equipamento agora de série em toda a linha.

O caminhão DAF CF é equipado com motor Paccar MX-11, com novas potências de 340 cv e 370 cv. Somados aos atuais motores de 410 cv e 450 cv, trazem maior versatilidade de aplicações para o modelo.

Os pesados DAF CF e DAF XF passam a oferecer, a partir do segundo semestre de 2023, nova suspensão pneumática. O DAF XF, campeão de vendas da marca, utiliza o motor Paccar MX-13 de 12,9 litros, com potências de 480cv e 530cv. É equipado com a última geração das transmissões automatizadas ZF TraXon, de 12 velocidades.

Volkswagen

A Volkswagen apresenta na Fenatran uma versão topo de linha, mas ainda um conceito, do extrapesado Meteor, a Optimus 29.530. Pronto para ser produzido, conforme pedido dos clientes, o Meteor Optmus é equipado com motor de 530 cv, calibrado para rodar com o HVO, também conhecido como diesel verde.

Seu preço em torno de R$ 1 milhão. A versão ultra-moderna Optimus, traz retrovisor digital, rodas calotas aerodinâmicas e bancos com massageador e acabamento diferenciado.

Já apresentada anteriormente, a linha Euro 6 da montadora alemã, trouxe junto a renovação do Constellation, incluindo faróis em LED. Os motores MAN ganharam novas opções de potência e prometem mais economia.

Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz expõe no seu estande o caminhão 100 % elétrico eActros, que pisa pela primeira vez no País, mas sem previsão de vendas ainda no nosso mercado. O modelo zero emissão da marca pode rodar até 400 km. Além disso, a Mercedes-Benz apresenta um Atego 1730 autônomo. Em exposição também um Actros feito para mulheres, a partir de sugestões colhidas durante o programa A Voz Delas.

O Atego autônomo, que chama a atenção no estande da marca, conta com um sistema de nível 4 e pode rodar sem nenhuma interferência de motorista. O caminhão é utilizado pela Ypê para fazer coleta de produtos em áreas confinadas dentro da empresa. A Mercedes-Benz aposta nos novos motores com tecnologia BlueTec 6, desenvolvidas para atender o ProconveP8.

Iveco

A Iveco, por sua vez, apresenta o caminhão pesado S-Way. Modelo inédito no Brasil, onde foi desenvolvido, o S-Way terá duas opções de faixa de potência: 480 cv ou 540 cv. O motor continua sendo o Cursor 13, mas agora atendendo ao Proconve P8 e com redução de até 15% no consumo.

A transmissão do S-Way é sempre o ZF Traxon 12S, automatizado com 12 velocidades. Uma inovação é o cruise control Iveco Drive, que vêm de série. Ele também traz o Iveco Drive Style Evaluation, que avalia a forma que o motorista dirige e dá dicas para tornar a direção mais eficiente.

Uma versão do Iveco movido a GNV também está presente na Fenatran 2002. Esse combustível alternativo vem ganhando espaço no mercado em empresas que buscam reduzir a emissão de carbono. O Daily ganhou câmbio automático. As versões chassi e furgão do modelo terão como opção a ZF 8HP, uma caixa automática tradicional com conversor de torque já usada desde a Ram 1500 aos sedãs de luxo da BMW.

Scania

Com forte presença na Fenatran 2022, a Scania levou 12 caminhões para a feira, com destaque para a linha 2023 Euro 6, da gama Super, que recebem o novo e mais eficiente trem de força da história da marca. Outras novidades da marca são a família fora de estrada XT, semipesados, opções a gás e as soluções de serviços e serviços financeiros.

Chama a atenção também no estande da Scania o caminhão é o V8 16 litros, o mais potente do mundo, com 770 cavalos. O modelo conta também com uma versão com 660 cv de potência. As primeiras entregas dos novos produtos vão começar a partir de fevereiro de 2023.

De acordo com a Scania, com os novos motores a redução das emissões chega a 8% em relação à geração anterior. Além disso, os seis-cilindros de 13 litros têm potências de 420 cv, 460 cv, 500 cv e 560 cv. Bem como torque que vai de 234,7 mkgf a 285,7 mkgf.

O bloco do motor de 13 litros ganhou dois comandos acima do cabeçote, bem como virabrequim com capacidade de pressão de 250 bar. A Scania anunciou também a início do processo de locação de veículos.

Ford

A Ford mostra três novas versões da Transit que chegam ao mercado em 2023: Automática, Chassi e E-Transit 100% elétrica. A primeira a chegar é a chegar é a opção de câmbio automático nas versões minibus, furgão e vidrada, já no primeiro semestre.

Para o segundo semestre de 2023 virá o elétrico E-Transit, em três opções diferentes de carroceria e sempre como furgão. Nessa segunda metade do ano também chegará ao mercado a versão cabine-chassis da Transit.

A Ford também anunciou que começa a oferecer o seu serviço de carros por assinatura Ford Go também para clientes comerciais, com modelos da Ranger e da Transit. Ele está disponível para clientes individuais até grandes frotistas, com contratos de 12, 24 ou 36 meses de duração e rodagem de 2.000, 3.000 ou 4.000 km por mês.

Os modelos disponíveis da Transit são a Minibus, para 15 ou 18 passageiros, e Furgão de 10,7 e 12,4 m3. Já a Ranger é oferecida nas versões XL, XLS e XLT.