Buscar

Fim de ano com boas expectativas para o comércio de Palmas

Por Surgiu

22/11/2021


Foto: Lia Mara/Prefeitura de Palmas


Depois de um período de grandes incertezas em relação à pandemia da Covid-19, Palmas começa a entrar no clima natalino com um sentimento de esperança e de volta por cima. A Capital se prepara para um grande aquecimento de vendas no comércio neste final de ano em condições mais favoráveis para o consumo, uma vez que possui a segunda melhor taxa de crescimento de empregos formais entre as capitais brasileiras, ficando atrás apenas de Cuiabá (MT).


De janeiro a setembro deste ano, foram criados em Palmas 6.300 empregos formais; um crescimento de 8,83% ao compararmos com o total de postos de trabalho com carteira assinada em dezembro de 2020, quando o estoque de trabalhos com carteira assinada era de 71.130. Agora, em setembro, o total do estoque de trabalho fechou em 77.411.


Outro incentivo às compras no fim do ano é o pagamento do 13º Salário, também conhecido como Gratificação Natalina. A Prefeitura de Palmas pagará nesse sábado, 20, a primeira parcela do 13º Salário. São mais de R$ 20,7 milhões pagos a 10.780 servidores públicos; mais o salário de dezembro que será pago no final deste mês. Em dezembro, também, a gestão municipal pagará a segunda parcela do 13º Salário e antecipará a folha de dezembro.


Também é aguardado o pagamento do 13º Salário da iniciativa privada, cuja primeira parcela deve ser depositada até 30 deste mês e a segunda, até 20 de dezembro. Já agora no final deste mês o comércio palmense já espera uma grande venda com a Black Friday, marcada por grandes promoções na última semana de novembro, em especial na sexta-feira, 26.


Fomento


A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Mila Jaber, argumenta que todas as ações da Prefeitura de Palmas, inclusive no período da pandemia, contribuíram para o fortalecimento da economia do município. “A prefeitura fomentou a economia durante a pandemia, as obras públicas não pararam, tivemos o Cartão da Família – investimento de R$ 10 milhões – que fomentou o comércio local e a geração de emprego e renda”, destaca. “A gestão municipal estimula e oportuniza a criação de novos negócios, tivemos a criação de 4 mil novos empreendimentos durante a pandemia. E esse estímulo passa também pela desburocratização da formalização, fomento por meio de crédito e a orientação dada na abertura do pequeno negócio”, pontua Mila.


O presidente da Fundação Cultural de Palmas, Giovanni Assis, explica que a decoração natalina feita pela gestão municipal também é um incentivo importante para a economia. “A iluminação de Natal de Palmas já virou tradição. Todos os anos, pessoas de cidades de todo o Tocantins e de outros estados vizinhos vêm à Capital prestigiar o gigantesco túnel da Avenida Teotônio Segurado. Essa visitação, certamente, gera movimentação extra para o trade do turismo, movimentando comércio e serviços de nossa cidade”, detalha.


Resultado positivo


Além do número crescente de empregos formais, outro indicador importante sobre a economia de Palmas é o aumento da arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS), que demonstra o aquecimento da contratação de serviços na Capital. De setembro de 2020 a agosto de 2021 o município arrecadou R$ 149,9 milhões, no período de setembro de 2019 a agosto de 2020 o montante foi de R$ 124 milhões, um crescimento de 20,9%.


Outro tributo que demonstra o aquecimento da economia em Palmas é o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que teve um aumento de 11,2% nos últimos 12 meses; sendo que de setembro de 2019 a agosto de 2020 foram arrecadados R$ 28,5 milhões, e de setembro de 2020 a agosto de 2021, R$ 31,7 milhões.