Buscar

Goiás abre oficialmente a colheita da soja nesta quinta (03)

Fonte: Governo de Goiás

03/02/2022


A temporada de colheita de soja está começando em Goiás e, pela primeira vez, o município de Catalão, localizado no Sudeste goiano, receberá a Abertura Estadual da Colheita de Soja – safra 2021/2022. O evento será realizado no dia 3 de fevereiro, das 8h às 15h, no Espaço Conquista, do produtor rural Daniel Freire. A realização é da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO) e do Sindicato Rural de Catalão, em parceria com o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), e do Sistema Faeg Senar. Entre os convidados estão o governador Ronaldo Caiado, o titular da Seapa, Tiago Mendonça, o presidente da Aprosoja-GO, Joel Ragagnin, autoridades e produtores.


A soja é o principal produto da safra do Estado e a expectativa é de aumento de 4,6% na produção, em Goiás, no período 2021/2022, com mais de 14,3 milhões de toneladas, e crescimento de 7,9% na área plantada, com quase quatro milhões de hectares, conforme levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


Assim, o Estado deve se manter como o quarto maior produtor de soja do País, atrás apenas de Mato Grosso, Rio Grande do Sul e Paraná. O complexo soja foi responsável por 59,8% das exportações do agronegócio do Estado em 2021, somando US$ 4,28 bilhões. Ao todo, o agronegócio goiano respondeu por 77,1% das exportações de Goiás em 2021, com US$ 7,2 bilhões em vendas externas.


O secretário Tiago Mendonça destaca que, atualmente, a soja é o carro-chefe da safra de grãos no Estado, impactando positivamente no campo e nas exportações. “Os resultados positivos nas lavouras, com crescimento de área plantada e de produção, e além das fronteiras do País, refletem na economia do Estado. É mais emprego e renda no campo, mais tecnologia sendo implementada no setor e mais dinheiro circulando nos municípios. Também significa mais riquezas para o Brasil, com as vendas externas. É o agro fazendo seu papel de mola propulsora da nossa economia”, destaca.


Programação


A programação conta com o painel técnico “A década em perspectiva: valerá a pena investir no Agro?”, com palestra de Marcos Fava Neves (professor da USP e FGV e comentarista Agro na CNN Brasil) e participação de Enio Fernandes (consultor de mercado Terra Agronegócios) e Felipe Muniz (economista da XP Investimentos). Eles vão abordar o cenário de insumos, custos e mercado para o ano de 2022 e perspectivas para o agronegócio em longo prazo.


A Abertura Oficial terá a presença de políticos e autoridades de diversas esferas institucionais e o ato simbólico da colheita de soja, com máquinas modernas em campo. A entrada para o evento é gratuita e as inscrições podem ser realizadas pelo site https://eventos.sistemafaeg.org.br/.


Sobre Catalão


Catalão é o 8º município mais rico do agronegócio em Goiás e ocupa a 83ª posição no ranking nacional, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Destaca-se como um dos 10 principais produtores de grãos no Estado. Somente no município há mais de 113 mil hectares cultivados com soja, que representam 3,2% da área total cultivada com a oleaginosa em solo goiano. Nos últimos 20 anos, houve crescimento de 135% na área de soja catalana, o que transformou a realidade produtiva da região, permitindo também a intensificação e agregação de valor às demais atividades agropecuárias locais.


Nesta safra 2021/2022, a expectativa é de que o município colha mais de 415 mil toneladas da oleaginosa. “Será uma oportunidade de mostrar a produção de soja do Sudeste goiano para conhecimento de mais pessoas e destacar a pujança econômica da nossa região”, ressalta o diretor regional da Aprosoja-GO e diretor do Sindicato Rural, José Fava Neto. “Vamos trocar experiências e celebrarmos mais um ano de colheita”, completa o presidente da Aprosoja-GO, Joel Ragagnin.


De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Catalão, Renato Ribeiro, os negócios gerados com o agronegócio representaram 30% do PIB do município. “A área plantada por produtores de Catalão é muito representativa. Como estamos bem na divisa com Minas Gerais, já temos produtores daqui que estão investindo nos dois Estados. Catalão precisa estar presente neste forte cenário do agronegócio goiano”, destaca Renato, ao ressaltar que todos os produtores da cidade abraçaram com entusiasmo a ideia de receber o evento de Abertura da Safra de Soja em Goiás.


Anfitrião do evento, o produtor rural Daniel Duarte Freire, de 39 anos, está animado para receber o público em sua área de produção. “Estamos preparando um evento grandioso e contamos com a presença dos produtores de toda a região”. Daniel tornou-se produtor rural há cerca de oito anos, quando também fundou a Conquista Agrobusiness, uma corretora de grãos e de insumos agrícolas. Atualmente, cultiva 1.500 hectares de soja em áreas próximas à cidade de Catalão e no município de Ouvidor e coordena um grupo de compras coletivas de insumos, que reúne 98 produtores de Catalão e região.