top of page
Buscar

Ipem-PR zera fila de caminhões de transporte de líquidos com novo posto em Araucária


Imagem de Ipem-PR


O Posto de Verificação de Veículos-Tanque do Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem-PR) de Araucária, no Paraná, está completando um ano de operação, e, durante esse período, conseguiu zerar a fila de espera da fiscalização, que podia chegar a seis meses.

Durante os últimos doze meses, a estrutura realizou 7.180 inspeções, sendo 7.068 verificações periódicas e 112 verificações pós-reparos.

“Considerando o cenário inicial, agora vivemos outra realidade. Não temos mais filas para verificações. Hoje os agendamentos são programados para no máximo 15 dias, sendo que em outros estados a espera pode passar de um ano”, enfatiza o presidente do Ipem-PR, Cesar Mello.

O investimento no novo posto aumentou em quatro vezes a capacidade de atendimento em relação à estrutura antiga, no bairro Atuba, em  Curitiba. Outra vantagem é a da localização, já que o posto fica em uma área de grande circulação de caminhões-tanque, próxima à refinaria da Petrobras em Araucária.

A estrutura antiga era localizada Linha Verde, o que atrapalhava o acesso dos veículos ao posto. Isso porque a Linha Verde, o trecho urbano da BR-476, tem restrição de circulação de veículos acima de 10 toneladas, que só podem transitar das 7h às 9h e das 17h às 19h.

A inspeção para  caminhões tanque é obrigatória, para evitar riscos ao meio ambiente, à saúde humana e mesmo ao trânsito nas vias públicas.

Agendamento

O processo de agendamento da inspeção segue sendo aprimorado pela equipe do Ipem-PR, com melhorias no acesso ao site do instituto e mais agilidade na execução do serviço.

Com esses avanços, em especial a central de agendamentos, o Ipem-PR não só vem conseguindo atender a frota do próprio Paraná, como também os caminhões-tanque de outros estados – como as normas da fiscalização são regidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), o procedimento pode ser feito em qualquer estado do Brasil.

“Temos contribuído para o atendimento de veículos de vários outros estados, principalmente do Rio Grande do Sul, onde as verificações foram suspensas devido à catástrofe provocada pelas chuvas”, explica o diretor de Metrologia e Qualidade do Ipem-PR, Gabriel Perazza.

コメント


bottom of page