top of page
Buscar

Mercado de indústria 4.0 pode chegar a US$ 5,62 bilhões no Brasil até 2028

POR IMPRENSA | JUL 7, 2023 | NOTÍCIAS, OUTROS

Imagem divulgação: CNI

Observatório Nacional da indústria analisou dados do “Monitor da Indústria 4.0”, da International Market Analysis Research and Consulting.

O mercado da Indústria 4.0 brasileiro atingiu US$ 1,77 bilhão em 2022, representando uma taxa de crescimento anual composta de 18,8% entre 2017 e 2022. Esse valor pode atingir US$ 5,62 bilhões em 2028, com uma taxa de crescimento anual composta de 21% no período de 2023 a 2028.

Os dados do estudo “Monitor da Indústria 4.0”, da International Market Analysis Research and Consulting (IMARC), foram analisados pelo Observatório Nacional da Indústria, da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Atingir esse patamar é uma oportunidade para o segmento industrial retomar maior participação no PIB brasileiro e reposicionar os setor produtivo brasileiro globalmente.

Afinal, a indústria é o setor que mais move o desenvolvimento da economia pela inovação e pelo avanço tecnológico.

Considerada a quarta revolução industrial, a indústria 4.0 integra tecnologias digitais para otimizar a produção e o relacionamento com clientes e fornecedores.

Com maior automação, sistemas digitais, mais interconexão entre máquinas é possível melhorar a eficiência e tornar a produção mais inteligente, reduzindo custos e evitando falhas, por exemplo.

Entre 2017 e 2022, os maiores setores usuários da automação 4.0 no mundo foram petróleo e gás (18,4%), alimentos e bebidas (15,2%) e energia e serviços públicos (14,2%), de acordo com o IMARC.

Quanto à participação nesse mercado mundial, de acordo com o estudo, a Europa atualmente responde por 34,1%, seguida por Estados Unidos e Canadá. A América Latina representa apenas 7,2%.

Até 2028, a expectativa é de que a indústria 4.0 global crescerá quase 145% até 2028, também segundo o IMARC.

Monitor da Indústria 4.0

O Monitor da Indústria 4.0 é um produto do Observatório Nacional da Indústria com base em dados. Com ele é possível examinar quais tecnologias são mais comercializadas; as principais regiões e países deste mercado, os setores que lideram o uso destas tecnologias, dentre outras informações.

A análise dos dados, com apoio da visão de inteligência dos profissionais do Observatório, ajuda no desenvolvimento de ações para induzir o processo de aquisição e uso de tecnologia na Indústria 4.0 pelas empresas brasileiras.

Comments


bottom of page