Buscar

Ponte do Araguaia: vigas começam a ser lançadas na obra

Mais uma fase da obra na BR-153 é iniciada e ministro anuncia que os trabalhos estão dentro do cronograma para inauguração em 2022


Por Correio dos Carajás

18/10/2021


Foto: Divulgação Dnit


Em postagem feita no seu perfil pessoal numa rede social esta semana, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, anunciou que a construção da ponte sobre o Rio Araguaia, na divisa Pará/Tocantins acaba de entrar em nova etapa. Desta vez começaram o lançamento das vigas que vão sustentar o tablado da pista rodoviária. Trata-se de uma das principais portas de entrada e saída do Estado do Pará pela BR-153. A rodovia liga o sudeste do Pará à Belém-Brasília e, de lá, para o Centro-Oeste do Brasil. Na última reportagem sobre o tema, o CORREIO revelou que os pilares já estavam quase todos erguidos.


“Imagens mais recentes da Ponte de Xambioá sobre o Rio Araguaia, na BR-153. De um lado, Tocantins. Do outro, Pará. @DNIToficial já lançando as vigas. Obra iniciada pelo Governo @JairMessiasBolsonaro que se encontra dentro do cronograma e com previsão de conclusão para 2022. Mais um serviço de balsa a ser eliminado em rodovia federal, mais uma rota de integração”, postou o ministro.


Quando ficar pronta, a ponte terá 1.724 metros de extensão e a expectativa é que mais de 1,5 milhão de pessoas sejam beneficiadas. A estrutura vai compor a BR-153, que é uma das principais vias para escoar a produção dos dois estados. Numa margem está a cidade de São Geraldo do Araguaia (PA) e na outra Xambioá (TO).


A obra pertence ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), com empreiteira contratada e que dedicou bastante às bases do viaduto de acesso, no lado de Xambioá. A ponte está orçada em aproximadamente R$ 157 milhões e a previsão de entrega é em setembro de 2022. São, no total, 702 estacas, 88 blocos e 44 pilares.


Contrato para a obra estava assinado desde 2017, mas era alvo de disputa judicial. Na época, o então presidente Michel Temer chegou a visitar a cidade para a assinatura. Apesar disso, obra só começou de fato no atual governo de Jair Bolsonaro.


ENTENDA


A estrutura da ponte foi dividida em três segmentos: dois viadutos para os trechos extremos, e o trecho central e principal para a transposição do canal de navegação (246,0 m). A solução estrutural para a superestrutura dos dois viadutos de acesso é constituída por tabuleiros formados por cinco vigas longarinas pré-moldadas de concreto protendido.


Para o trecho central, foram previstas superestruturas em seção caixão celular de concreto armado e protendido, a serem moldadas no local, formando um segmento contínuo, sobre os apoios centrais (balanços sucessivos ou moldagem segmentada em aduelas ditas progressivas).


IMPORTÂNCIA


A BR-153/PA/TO é um importante eixo de ligação entre as Regiões Norte e Sul do Brasil, por permitir a integração multimodal entre a ferrovia Norte-Sul e a hidrovia Tocantins-Araguaia. A construção da ponte vai impulsionar o desenvolvimento econômico local, pois facilitará o tráfego de veículos e caminhões, melhorando o escoamento da produção de bens e diminuindo os custos no transporte de cargas.