Buscar

Prefeitos no Noroeste de Mato Grosso preveem transformação na infraestrutura com novas máquinas

Por Só Notícias

21/06/2021



Os prefeitos de Rondolândia e Colniza, Guedes de Souza e Milton Amorim e José, respectivamente, (municípios localizados na região Noroeste de Mato Grosso) receberam três motoniveladoras, duas pás-carregadeiras e duas escavadeiras equipamentos rodoviários, que foram entregues pelo governador Mauro Mendes (DEM), na última quarta-feira. Eles previram uma grande transformação na infraestrutura com a manutenção de rodovias estaduais não pavimentadas.


Os municípios possuem 100% de rodovias estaduais e municipais não-pavimentadas e, por essa razão, o ganho dos novos equipamentos vai contribuir em todas as áreas, para além da infraestrutura rodoviária. De acordo o prefeito de prefeito de Colniza, “essas máquinas são de suma importância para o município, pois Colniza tem 4,7 mil quilômetros de rodovias não-pavimentadas, vicinais e estaduais, e temos poucas máquinas. Isso é muito importante. Estamos muito contentes, porque essas máquinas são um investimento de quase R$ 3 milhões que o governo está passando para o município e a população vai ficar muito contente”, disse Amorim.


Ainda segundo o gestor, investir nesses equipamentos é assegurar dignidade aos cidadãos, que dependem da rodovia não apenas para promover o escoamento da produção agrícola local, mas para ter acesso à saúde, ao transporte escolar, e ter assegurado o seu direito de ir e vir. Hoje, Colniza possui cerca de 865 quilômetros somente de rodovias estaduais não-pavimentadas. “Jamais conseguiríamos fazer essa aquisição. Com recursos próprios, isso seria sem chance. O governador doou as maquinas e só temos a agradecer. Hoje Colniza é 100% sem pavimentação. É um benefício e uma ação positiva receber essas máquinas. Um desenvolvimento muito grande para nossa região”.

Já em Rondolândia, a realidade não é muito diferente. Segundo o prefeito de José Guedes de Souza a ação do governo do Estado vai um desenvolvimento “enorme para aquela cidade. É uma cidade que está a 1,1 mil quilômetros da Capital. Eu tenho que passar por outro Estado e voltar para Mato Grosso. É uma cidade muito distante. Mas o governador tem um olho clinico e está conduzindo o trabalho em Rondolândia como se fosse a menina dos olhos dele”.


A expectativa é de que o município, com novos equipamentos, possa crescer economicamente e se desenvolver ainda mais, como nunca antes ocorreu na história da cidade, segundo o prefeito, que fez questão de ressaltar a atenção que o Município está recebendo do Governo. “Nunca foi visto, há 20 anos que aquela cidade foi emancipada, chegar tanto maquinário ao mesmo tempo, como vai chegar essa semana lá, por meio da Sinfra e do Governo do Estado. Rondolândia tem pouco acesso dentro do estado. De lá, saímos para Aripuanã, Conselvan e Colniza, mas não tínhamos estrada. Não tínhamos condição de fazer, mas com esse maquinário, pode ter certeza, que o desenvolvimento já chegou na nossa região”


Além das duas prefeituras, outras oito prefeituras, 10 consórcios intermunicipais e duas associações foram beneficiadas com a entrega de máquinas e equipamentos rodoviários. Ao todo, foram entregues 74 máquinas, sendo 46 motoniveladoras, 14 pás-carregadeiras e 14 escavadeiras hidráulicas. O investimento realizado foi de R$ 42,2 milhões oriundos do Mais MT, maior programa de obras e ações da história de Mato Grosso.


Todos esses equipamentos rodoviários fazem parte do primeiro lote de máquinas que foram repassados pelo Governo de Mato Grosso às entidades. No total, o Estado vai repassar 175 máquinas e equipamentos rodoviários, com investimento de R$ 96,5 milhões como parte do Programa Mais MT, de modo a atender todas as regiões de Mato Grosso.