Buscar

Prefeitura de Goiás realiza reunião para discutir o Plano de Mobilidade

Fonte: Prefeitura de Goiás

11/11/2021


A Prefeitura de Goiânia realizou na manhã desta quarta-feira (10/11) reunião para apresentar aos órgãos da administração municipal o projeto do Plano de Mobilidade de Goiânia. O objetivo é promover maior participação das secretarias que prestam serviços direto à população, como Saúde e Educação, no processo de coleta de dados para a formatação do PlanmobGyn.


Coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), o PlanmobGyn tem por objetivo diagnosticar e propor ações que visem melhorar o tráfego de pessoas, bens e serviços, garantindo, sobretudo, que a população possa transitar com segurança e rapidez na capital. Para isso, o grupo de trabalho criado pela Prefeitura, no último mês de outubro, quer promover uma maior integração entre a administração pública, as universidades, a sociedade civil e a população na construção do projeto.


“Acreditamos que a política de mobilidade na capital deve ser pensada por todos os atores envolvidos nesse projeto. Compete a gestão municipal conduzir esse processo, mas é somente envolvendo a população, as entidades representativas dos segmentos comerciais, industriais e de serviços, o meio acadêmico e a população, principal interessada no assunto, que conseguiremos construir um projeto que garanta maior acessibilidade, segurança e rapidez no transitar pela capital”, afirmou o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Valfran Ribeiro.


A reunião contou também com a participação do Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás, Juliano de Barros Araújo, que atua no órgão em questões relativas ao meio ambiente e urbanismo. Durante a reunião o promotor parabenizou a Prefeitura de Goiânia por trazer o tema à tona e promover uma maior discussão com os envolvidos.


“A questão da mobilidade é um tema transversal que envolve a todos e o Município de Goiânia está de parabéns em discutir a mobilidade urbana, que irá contribuir com a qualidade de vida na cidade. É importante que o debate garanta a participação de todos os setores produtivos e sociais envolvidos. O Ministério Público acompanhará a elaboração do plano e se colocará à disposição para ajudar nas parcerias para a construção desse projeto, bem como acompanhará a implementação das ações planejadas”, destacou o promotor.


Também compõem o grupo de trabalho criado para discutir o Plano de Mobilidade de Goiânia, além da Seplanh Goiânia, as Secretarias Municipais de Mobilidade, de Inovação, Ciência e Tecnologia, a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos e a Universidade Federal de Goiás. Além delas, participaram da reunião desta quinta-feira (10) representantes das Secretarias Municipais de Administração, Saúde, Educação, Infraestrutura, Relações Institucionais, Procuradoria Geral do Município e Escritório de Prioridades Estratégicas.