Buscar

Produção da indústria desaquece, mas emprego cresce, diz CNI

A atividade industrial de fevereiro de 2021 está no mesmo nível registrado há um ano. Na percepção dos empresários, o setor desacelerou. Os estaques estão abaixo do desejado e industriais menos otimistas


Por IstoÉ

19/03/2021

A Sondagem Industrial, pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra que a atividade da indústria em fevereiro de 2021 se encontra praticamente no mesmo nível registrado em fevereiro de 2020. O percentual de Utilização da Capacidade Instalada (UCI) ficou em 69%, um ponto percentual acima do registrado no mesmo mês do ano passado.


O gerente de Análise Econômica, Marcelo Azevedo, explica que a produção industrial manteve tendência de queda em fevereiro, como é usual para o mês. O indicador de evolução ficou em 47,1 pontos, abaixo da linha divisória dos 50 pontos, refletindo movimento de queda disseminado entre as empresas. Os indicadores variam de 0 a 100, sendo 50 a linha de corte entre um cenário positivo e negativo.


Apesar disso, o indicador de evolução do número de empregados ficou em 50,8 pontos. Pelo oitavo mês consecutivo, esse dado aparece acima da linha divisória e demonstra recuperação gradual do emprego. “Percebemos uma leve tendência de crescimento no emprego, que é consequência da recuperação”, avalia o economista.

© 2021 FENATAC.

  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone LinkedIn
fenatac fb.png