Buscar

Programa que visa acelerar obras de infraestrutura em todo estado é lançado em Formosa

Serão investidos R$ 21,8 milhões no Goiás em Movimento Eixo Pontes; Ronaldo Caiado diz que a meta, é que até 2022, 180 estruturas viárias sejam edificadas em todo o Estado


Por Jornal Opção

05/05/2021



Foi lançado, pelo Governo de Goiás, nesta segunda-feira, 3, o programa Goiás em Movimento: Eixo Pontes, em Formosa, região do entorno do Distrito Federal. O intuito é incrementar a logística e acelerar as obras de infraestrutura em todo o Estado, fornecendo mais segurança às rodovias. As obras ocorrerão em parceria com a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).


O lançamento do programa ocorreu às margens do córrego Taperão, na GO-116, em Formosa, onde deve ser construída a primeira ponte do projeto. Segundo o Governo, o município também será receberá outras 12 novas estruturas, todas na mesma rodovia, sobre 13 cursos d’água. Segundo o governador do Estado, Ronaldo Caiado, a meta, é que até 2022, 180 estruturas viárias sejam edificadas em todo o Estado.


O plano é que sejam construídas 54 pontes em 13 municípios goianos, com aporte federal de R$ 21,8 milhões. Até 2022, meta é edificar 180 estruturas viárias em todo o Estado. As referentes cidades foram escolhidas por meio de um levantamento da diretoria de Manutenção da Goinfra, que apontou locais de vias não pavimentadas com dificuldades de tráfego de pessoas e escoamento da produção do setor agropecuário.


Além da parceria com a Codevasf, o Governo de Goiás prevê a construção de mais de 100 novas pontes com recursos do Tesouro Estadual. O primeiro pacote, com 50 novas estruturas, em breve será licitado pela Goinfra, com apoio do setor produtivo. Atualmente, 27 pontes estão em execução e outras seis já foram entregues – nas GOs 154, 442, 080, 114 e 156, em benefício de moradores de Nova Glória, Colinaçu, Campinaçu, Crixás e Auriverde.


Nesta primeira etapa, os municípios a serem contemplados são o de São João d’Aliança (GO-116), Bonópolis (GO-353), Porangatu (GO-353), Alto Paraíso (GO-239), Morro Agudo de Goiás (GO-482), Itapuranga (GO-482), Silvânia (GOs 139 e 147), Palestina de Goiás (GO-471), Doverlândia (GOs-465 e 541), Caiapônia (GO-465), Jataí (GO-467 e GO-180) e Serranópolis (GO-306).


Pontes


Para as construções, serão investidos R$ 21,8 milhões pelo Governo de Goiás. Todas as pontes construídas serão mistas, executadas em concreto e aço e terão extensões que variam de seis a 24 metros de comprimento por 4,5 metros de largura. As obras serão implantadas de acordo com a necessidade local. “Elas terão um tráfego garantido no tempo das chuvas e do sol. A criança vai para a escola. Os produtores vão escoar a produção”, projetou o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.