top of page
Buscar

Rio-Santos será a primeira rodovia federal com pedágios sem cancela

POR IMPRENSA | JAN 9, 2023 | NOTÍCIAS, OUTROS, URBANO

Foto: Divulgação/Quatro Rodas


O sistema de cobrança por km rodado pode ajudar a reduzir o consumo de combustível e a tarifa poderá ser até 70% menor para veículos frequentes

Em junho de 2021, QUATRO RODAS adiantou que a cobrança de pedágio nas rodovias seria feita por quilômetro rodado (free flow). E a BR-101 será a primeira estrada federal a ter o sistema de cobrança automático.

Segundo a CCR Rio-SP, a instalação dos pórticos já começou. Eles ficarão no trecho da Rio-Santos entre Itaguaí, no km 414, em Mangaratiba, no km 477, e em Paraty, no km 538.

A Lei nº 886/21, que foi sancionada no início de junho de 2021 já autorizava a implantação de pedágios eletrônicos nas estradas com cobrança sob medida, ou seja, pela quantidade de quilômetros rodados.

De acordo com a austríaca Kapsch TrafficCom, que traz a tecnologia ao Brasil, a vantagem do free flow é a inexistência de barreiras. Além disso, haverá redução do consumo de diesel no caso de veículos pesados. Bem como das emissões de poluentes e do tempo de viagem nas operações de transporte.

Leitura pela tag e placa

Os pórticos que serão equipados com câmeras, sensores e antenas capazes de identificar o veículo tanto pela tag (de pedágio eletrônico, como Sem Parar), como pela placa.

Todos os veículos com tag terão desconto de 5% na tarifa de pedágio pelo uso do dispositivo. E usuários frequentes podem usufruir de descontos. Os veículos leves terão vantagem adicional com desconto progressivo a partir da segunda até a 30ª passagem apurada no mesmo local e sentido, dentro do mês vigente. Os descontos podem variar de 5% a 70%, de acordo com a empresa.

Já para aqueles sem tag, o pagamento da tarifa poderá ser feito por Pix. Assim como por meio de outros aplicativos, como WhatsApp Chatbot, App ou portal web da concessionária. De acordo com a CCR, os valores das tarifas ainda não foram divulgados, pois isso é atribuição da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

“A Rio-Santos vai ser a primeira rodovia do Brasil com esse inovador método de cobrança eletrônica de tarifas”, diz o presidente da CCR Rodovias, Eduardo Camargo. Segundo ele, a partir da experiência acumulada neste trecho vai ser possível expandir a tecnologia para as demais rodovias e concessionárias.

Por fim, antes de dar início à nova forma de cobrança a empresa vai fazer uma campanha educativa. De acordo com a concessionária, o objetivo é mostrar aos usuários como o equipamento funciona, bem como destacar seus benefícios.

Tecnologia já estava em operação em rodovias paulistas

Desde 2012, quatro rodovias paulistas oferecem o benefício do pagamento por km rodado mediante um pré-cadastro dos motoristas. O sistema foi batizado de Ponto a Ponto e é administrado pela Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo). O usuário do ponto a ponto pode passar pelos pórticos na velocidade normal da via e não precisa parar nas praças de pedágio, mas tem que reduzir para 40 km/h nesse ponto.

Comments


bottom of page