top of page
Buscar

SEST SENAT realiza mobilização nacional referente ao Maio Amarelo

A ação será em todo o Brasil, de 14 a 22 de maio, e chama a atenção da população para a responsabilidade de cada um na redução de acidentes de trânsito


Fonte: CNT

17/05/2022



Foto: Divulgação/CNT


O Maio Amarelo ganha um espaço ainda maior no Sistema CNT. Além de ter a CNT e o SEST SENAT como apoiadores centrais, neste ano, a campanha, capitaneada pelo Observatório Nacional de Segurança Viária, passa a integrar o calendário nacional de mobilizações nacionais do SEST SENAT. Entre os dias 14 e 22 de maio, os profissionais do SEST SENAT estarão em centenas de pontos de todo o país, levando conscientização e orientações sobre o papel de cada um para a construção de um trânsito mais seguro.


Serão desenvolvidas diversas atividades, como blitze educativas, palestras de conscientização e atendimentos gratuitos de saúde. As ações serão realizadas em empresas de transporte, terminais de cargas e de passageiros, pontos de parada e postos de combustíveis.



A mensagem que o Maio Amarelo 2022 quer passar é “Juntos Salvamos Vidas” já que, no trânsito, tudo o que fizermos pode salvar ou colocar uma vida em risco. A campanha propõe uma reflexão e uma mudança de comportamento em busca de uma vida melhor, mais justa e mais segura para todos.


A iniciativa busca destacar que, independentemente da profissão, juntos, todos podem salvar vidas no trânsito, diante da consciência de se fazer o certo, seguir a legislação e ser prudente seja guiando um automóvel, seja como pedestre.


Dados importantes


Um relatório feito pelo Observatório Nacional de Segurança Viária mostra a importância de reforçar as ações do Maio Amarelo. Os dados revelam o aumento do número de mortes no trânsito, em 2020, em 17 estados brasileiros. Segundo o DataSUS (Ministério da Saúde), em 2020, 32.716 pessoas perderam a vida em ocorrências de trânsito. Já em 2019, esse número foi de 31.945 óbitos. Para efeito de comparação, a maior parcela das mortes ainda ocorre para ocupantes de motocicletas (36,7%) e de automóveis (21,4%), que, somados, são quase 60% do total.


Outro dado preocupante e que reforça a necessidade de conscientização dos motoristas é em relação aos acidentes em rodovias. Segundo dados compilados pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), o índice de acidentes nas rodovias federais brasileiras aumentou 1,6% em 2021, em relação a 2020. Foram mais de 64 mil ocorrências. A mesma situação ocorreu com as mortes, que cresceram 2,0%, chegando a 5.300 vidas perdidas, no ano passado. Diversos são os fatores que causam esse tipo de ocorrência: falhas humanas, problemas veiculares, deficiências viárias.


Análises técnicas da CNT mostram que a infraestrutura das vias pode influenciar o comportamento dos condutores, assim como as medidas de educação e fiscalização. Nesse sentido, é fundamental desenvolver ações e políticas públicas para garantir rodovias que permitam uma direção segura e contribuam para a redução de acidentes e mortes no trânsito.


Atuação nacional permanente


Para além da mobilização nacional, o SEST SENAT mantém atendimentos permanentes de atenção à saúde dos motoristas profissionais e oferece cursos de capacitação para garantir mais segurança no trânsito.


Nas 159 unidades em funcionamento em todo o país, são oferecidos atendimentos de odontologia, fisioterapia, nutrição e psicologia. Esses três últimos, nas modalidades presencial e online. Também são ofertados treinamentos com foco na direção segura que aliam a teoria à prática. Conheça mais detalhes do trabalho do SEST SENAT aqui.


Rede de apoio


O Maio Amarelo é um movimento mundial que teve início em 2011, quando a ONU (Organização das Nações Unidas) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. A campanha usa a cor amarela em referência ao sinal de advertência no semáforo, que simboliza a atenção necessária para a causa.


Para que o tema da ação seja colocado em prática e se torne uma realidade, a participação de toda a sociedade é fundamental. Por isso, as peças da campanha estão disponíveis gratuitamente para empresas e instituições que queiram aderir ao movimento.


Clique aqui para ter acesso ao material: https://bit.ly/maio-amarelo-2022

Comments


bottom of page