top of page
Buscar

Viracopos entrega primeira fase do novo terminal logístico de cargas

Atualizado em: 20 de maio de 2024 às 3:04 | BE NEWS


A segunda fase do espaço tem a entrega prevista para dezembro. Serão liberadas mais 4.000 m² de área, com investimentos de R$ 17,6 milhões por parte da concessionária (Foto: Divulgação)


Nova estrutura está localizada no antigo terminal de passageiros, desativado em 2016


O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), entregou em maio a primeira fase referente ao novo terminal logístico de cargas, que está localizado na área onde operava o antigo terminal de passageiros do aeroporto, desativado em 2016. Segundo informou a Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, a obra de retrofit do espaço contou com investimentos de R$ 37,5 milhões.

De acordo com a concessionária, a partir da nova estrutura, o terminal vai se tornar o maior complexo de carga aérea do Brasil, ampliando sua capacidade de recebimento dos mais variados tipos de produtos de importação, exportação, cargas nacionais e remessas expressas.

O projeto do novo terminal de cargas faz parte do plano de desenvolvimento imobiliário de Viracopos, a partir do conceito de “Aerotropolis”, onde ao redor do aeroporto possa se desenvolver empreendimentos com diversas opções de novos negócios.

O terminal logístico foi desenvolvido em um terreno de 39,2 mil metros quadrados, divididos em três fases de ampliação. A primeira fase, entregue no início do mês, conta com área locável de 15.215 m², com taxa de ocupação de 48%. Segundo a concessionária, nesta primeira fase, o espaço terá capacidade para processar até 9,5 mil toneladas de cargas por mês.

“Trata-se de uma área para o processamento de carga doméstica e internacional, com possibilidade de alfandegamento. Este novo terminal não concorre com o Terminal de Carga já existente porque este não exerce atividades comerciais reguladas por tarifas”, explicou César Worms, Gerente de Negócios Imobiliários do Aeroporto de Viracopos.

A entrega da primeira fase oferece 14 docas para caminhões, 39 vagas para carretas de até 18,5 metros, 6 vagas para caminhões truck, 56 vagas para veículos leves, 20 vagas para motocicletas e 4 vagas para PCDs. Estas áreas de estacionamentos também são independentes com distribuição dos espaços para cada módulo, proporcionalmente.

A concessionária revelou que possui negociações avançadas com duas empresas internacionais do setor de carga para a locação de dois dos três módulos de 5.000 metros m², que ficam dentro do galpão de 15.215 m².

Comentários


bottom of page