top of page
Buscar

Aluguel de caminhões pode custar R$ 25 mil por mês


Imagem de Iveco


Uma boa parte dos caminhões vendidos atualmente está sendo comprada por locadoras de veículos. Essa era uma ocorrência comum quando se falava de automóveis, com compras de milhares de unidades todos os anos, que agora se destaca entre os pesados.

O negócio tem uma série de vantagens, especialmente para operações de transporte que tem alta rotatividade de veículos, como mineração e transporte de madeira, com a vida útil relativamente curta.

São várias empresas atuando no segmento, incluindo negócios das próprias montadoras, e algumas das vantagens são a redução de gastos à médio e longo prazo, com maior controle de despesas com a frota, além de facilidade para renovação de frota.

Isso porque a empresa que faz a locação recebe os veículos no final do período de contrato e se encarrega da revenda, e o locador pode receber uma frota 100% renovada, em períodos de um a cinco anos, dependendo do contrato.

Outra tranquilidade desse tipo de negócio é a manutenção. Geralmente os veículos contam com planos de manutenção próprios, tudo a cargo da locadora, com os valores incluídos na parcela mensal do aluguel, que também incluí custos de seguros e documentação.


Mas quanto custa alugar um caminhão?


Os preços variam bastante, especialmente conforme o tipo e tamanho de caminhão, e o período de contrato.

Para um contrato de doze meses, por exemplo, o aluguel de um Iveco S-Way 540 6×4 fica em R$ 24,9 mil reais mensais.

O DAF XF 530 6×4 e o Volkswagen Meteor 29.520 6×4 tem parcelas mensais de R$ 21,5 mil e R$ 23,4 mil, respectivamente, já com o plano de manutenção incluso.

Algumas locadoras, inclusive, oferecem até opções de caminhões elétricos e a gás, já com implementos.

Apesar de o custo inicial ser alto, com uma parcela que pode assustar, o negócio só tem crescido ao longo dos anos, com frotas de empresas sendo 100% substituídas por modelos vindos de locação. Ou seja, tem valido a pena.

Comments


bottom of page