Buscar

ANTT homologa resultado do leilão da BR-163, em Mato Grosso

De acordo com a Deliberação Nº 319, publicada no Diário Oficial da União (DOU), nesta quinta-feira (23), empresa apresentou menor valor do pedágio; contrato deve ser ser assinado no 1º trimestre de 2022


Por Estradas

24/09/2021


Foto: Divulgação/Dnit


A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) homologou, nessa quarta-feira (22), o resultado do Leilão para concessão do sistema rodoviário da BR-163/230/MT/PA, declarando vencedora o Consórcio Via Brasil BR163, que apresentou o menor valor da tarifa básica de pedágio, nos termos e condições dispostas no Edital nº 02/2021.


De acordo com a Agência, a homologação vincula o Consórcio Via Brasil BR163 ao cumprimento das condições prévias à assinatura do contrato de concessão, a serem atendidas nos termos e prazos estabelecidos no Edital. O contrato tem previsão de assinatura para o primeiro trimestre de 2022. Portanto, atrasado em relação ao cronograma inicial, que estipulava 20 de outubro de 2021.


Trecho concedido


Em 8 de julho desta ano, o consórcio Via Brasil venceu o leilão do sistema rodoviário BR-163/230/MT/PA, realizado na B3, antiga Bolsa de Valores – Bovespa, em São Paulo (SP), apresentando o valor de tarifa de R$ 0,07867 por quilômetro rodado (8,09579% de deságio). O certame teve apenas uma proposta.


De acordo com a ANTT, o Consórcio Via Brasil já administra a rodovia MT-100 e MT-320. Neste projeto, a exploração do trecho rodoviário será de 10 anos, prorrogáveis por mais dois anos, que inclui a infraestrutura e a prestação do serviços de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade das rodovias BR-163/230/MT/PA, nos seguintes segmentos:


Rodovia BR-163/MT – (Extensão:262,80 km) Início: Entroncamento com a Rodovia MT-220, em Sinop (MT). Final: Divisa dos Estados de Mato Grosso e Pará (onde assume o km 0).

Rodovia BR-163/PA – (Extensão 674,40 km) Início: Divisa dos Estados de Mato Grosso e Pará (onde assume o km 0). Final: Entroncamento com a BR-230/PA.

Rodovia BR-230/PA – (Extensão: 33,00 km) Início: Entroncamento com a BR-230/PA. Início da travessia do Rio Tapajós, no distrito de Miritituba, em Itaituba (PA).

Rodovia BR-230/PA – Acesso ao Terminal Portuário de Miritituba – (Extensão: 8,30 km) Início: Entroncamento com a BR-230/PA. Final: Porto de Miritituba.

Rodovia BR-230/PA – Acesso ao Terminal Portuário de Itapacurá – (Extensão: 14,50 km) Início: Entroncamento com a BR-230/PA. Final: Porto de Itapacurá.

Rodovia BR-230/PA – Acesso ao Terminal Portuário de Santarenzinho – (Extensão: 16,52 km) Início: Entroncamento com a BR-230/PA. Final: Porto de Santarenzinho.


Pedágios


De acordo com o Edital, estão previstas três praças de pedágio:

  • Itaúba (MT), no km 920+600

  • Guarantã do Norte (MT), no km 1.090+600

  • Trairão (PA), no km 642+400

Inovações


O projeto prevê também uma série de inovações, entre elas:

  • Desconto de 5% para usuários de dispositivos de pagamento eletrônico

  • Pontos de parada para caminhoneiros

  • Estoque de melhorias, com a possibilidade de execução de obras ao longo da concessão

Para saber mais informações da concessão, clique aqui.