Buscar

Capital nacional do milho terá rodovia federal duplicada e nova infraestrutura aeroportuária

Marcelo Sampaio, ministro da Infraestrutura, vistoriou as obras do Governo Federal que vão aquecer economia da região de Jataí (GO), referência nacional na produção de grãos e no agronegócio


Fonte: Ministério da Infraestrutura

20/04/2022



Foto: Ricardo Botelho / Minfra


Investimentos do Governo Federal na infraestrutura de transportes vão impulsionar o crescimento econômico do sudoeste goiano, importante região para o país e para o agronegócio. Nesta segunda-feira (18), o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, vistoriou as obras do aeroporto da cidade de Jataí, a capital nacional do milho, os prolongamentos da ponte do contorno da cidade e a duplicação da BR-158/GO.


A licitação para contratação da obra de construção do novo aeroporto regional já está autorizada. Os R$ 46,5 milhões serão repassados pelo Governo Federal, por meio do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), com execução da prefeitura de Jataí. A expectativa é que os trabalhos comecem em 60 dias, e a entrega de todo o empreendimento para 2023.


“O aeroporto é estratégico para essa região, que tem um número de aeronaves significativo operando em aeroportos privados”, disse Sampaio em visita ao local. Está prevista na licitação a construção do sistema de pista de pouso e decolagem e taxiamento, pátio de aeronaves, vias de serviço, drenagem, cerca operacional e patrimonial, áreas de segurança, via de acesso e estacionamento, auxílios à navegação aérea, dentre outras.


Escoamento da produção


O ministro também visitou um trecho da nova pista duplicada da BR-158/GO, liberada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na semana passada. As intervenções na rodovia vão facilitar o fluxo de caminhões de carga que passam pela região – referência nacional na produção de leite e grãos, principalmente soja e milho. “Já temos os recursos necessários para dar continuidade ao alargamento da BR-158, que vai permitir mais segurança e que o tráfego possa fluir com mais tranquilidade e eficiência”, afirmou Sampaio.


Ainda neste ano, será executada a restauração total da pista antiga do trecho duplicado, com a execução de remendos profundos e a aplicação do revestimento em tratamento superficial duplo (TSD). Em seguida, a aplicação de duas camadas de reforço com concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) e a sinalização horizontal na pista nova e antiga.


Pontes


As pontes sobre o Rio Claro foram a última parada da vistoria do ministro Sampaio no Contorno de Jataí. O contrato das obras é de R$ 59,10 milhões e uma das pontes será entregue até o mês de julho. As equipes do DNIT trabalham nos prolongamentos no lado esquerdo e na conclusão do balanço sucessivo da ponte da faixa direita. Em seguida serão executados os acessos e a complementação para que um trecho seja liberado.


O empreendimento irá desviar das vias urbanas o alto fluxo de veículos de carga, resultado do tráfego de longa distância. Essa ação proporcionará a diminuição do tempo de viagem dos usuários e dará mais segurança e conforto para quem mora e passa pelo local.

A obra faz parte de um conjunto de ações que visam a eliminação de pontos críticos no local que serve de acesso a pontos turísticos da região, o aeroporto municipal e o parque agropecuário. Também é considerada uma das rotas do agronegócio do país e está próximo às obras do Contorno de Jataí.