Buscar

Cursos de ensino superior são implantados em Itacajá e comunidade comemora

Fonte: Agência Tocantins

25/05/2022



Foto: Mari Rios / Governo de Tocantins


Programa TO Graduado do Governo do Tocantins levará cursos tecnológicos e de licenciatura que serão realizadas nas dependências da Escola Estadual Almeida Sardinha da região.


Moradores da cidade de Itacajá e de municípios da região aprovaram a implantação do Programa TO Graduado para a oferta de cursos de nível superior na modalidade de ensino híbrido e modular, nas dependências da Escola Estadual Almeida Sardinha. A audiência pública para consulta da população foi realizada pelo Governo do Tocantins, na manhã desta terça-feira, 24, no setor Aeroporto, em Itacajá.


Com o programa TO Graduado, o Governo, por meio da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), em parceria com a Secretaria da Educação (Seduc), pretende implantar 15 Núcleos de Atuação Universitária em municípios com a finalidade de ampliar a oferta de educação superior no Estado.


As audiências buscam conhecer as necessidades de áreas de atuação para atender as demandas da região. A Unitins prevê a oferta de cursos de bases tecnológicas (Gestão pública, Agronegócios, Gestão de Mídias e redes digitais, Gestão em Turismo e Análise e desenvolvimento de software) e ainda a possibilidade de licenciatura (história e pedagogia).


Para a execução do programa, a Seduc disponibilizará a estrutura física das escolas estaduais, onde ocorrerão as atividades, com a liberação de três salas de aula, sala administrativa e sala para laboratório de informática, que será equipada com 25 computadores pela Unitins, que também ofertará a conexão de rede. O laboratório será de uso compartilhado; no período noturno atenderá os cursistas da Unitins e no diurno, os estudantes da escola.


O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, destacou a importância dos investimentos para melhoria da qualidade de vida da população. “As pessoas de Itacajá têm orgulho dessa cidade. É nossa obrigação proporcionar melhores condições a esses moradores. Com esse projeto grandioso de incentivo à formação superior estamos gerando oportunidade para que os filhos de Itacajá se formem na própria cidade”, pontuou.


Esta é a quarta audiência pública realizada para o programa. Já ocorreu em Colinas, Colméia e Araguaçu. Ainda serão promovidas em Campos Lindos; Filadélfia; Goiatins; Xambioá; Sítio Novo; Paranã; Miranorte; Caseara; Natividade; Ponte Alta; e Guaraí.


O reitor da Unitins, Augusto Rezende, apresentou o projeto e respondeu aos questionamentos da população. Segundo o reitor, os cursos terão duração de dois anos e meio e a seleção será feita por meio de vestibular da Unitins. “Essa parceria com a Seduc, que disponibilizará a estrutura das escolas, é uma forma de otimizar o acesso ao ensino superior público, com toda a qualidade dos cursos ofertados pela Unitins”, assegurou.


Segundo o diretor Regional de Educação de Pedro Afonso, Neurisvaldo Amorim, o município de Itacajá conta com duas escolas regulares (Escola Estadual Almeida Sardinha e Colégio Estadual de Itacajá), além de 17 unidades indígenas, com um total de 2.077 estudantes e 330 servidores na região.


A diretora da Escola Estadual Almeida Sardinha, Christiane Cabral Paiva, disse que a comunidade escolar esta ansiosa. “É um ganho enorme, porque vai beneficiar os estudantes e também aqueles que sonham fazer uma graduação e não têm condição de sair da cidade”, comemorou.


“É uma boa oportunidade para as pessoas da cidade cursarem uma graduação. Muitos jovens daqui não fazem uma faculdade por causa da distância de outros centros e agora terão a chance de continuar com os estudos perto dos seus familiares”, frisou a estudante do curso técnico em agronegócio, Luana Campos.


Maria Lenes, professora aposentada da rede estadual, ficou emocionada com a iniciativa do Estado. “É uma ação muito importante para a comunidade. A escola está com estrutura disponível e tem a necessidade de implementação tecnológica. Eu, que trabalhei por 32 anos na Escola Estadual Almeida Sardinha, estou muito feliz com esse projeto”, afirmou.