top of page
Buscar

Pesquisa mostra avanços nas expectativas da indústria

POR IMPRENSA | NOV 8, 2022 | NOTÍCIAS, OUTROS

Foto: Divulgação/Infocredi


A falta de matérias-primas, grande gargalo nas fases mais agudas da pandemia, já cede espaço para os juros altos entre os pequenos negócios, enquanto a carga tributária elevada prossegue preocupando, sobretudo, a indústria de transformação

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) para as indústrias de pequeno porte foi de 58,7 pontos em outubro , o que representa uma queda de 3,2 pontos em relação ao mês anterior. Mesmo assim, o indicador se manteve acima de 50 pontos, patamar a partir do qual se constata otimismo por parte do empresariado da área.

Dentre os destaques desta edição estiveram as empresas de pequeno porte dos segmentos extrativista e da construção civil, hoje bem menos atingidos pela falta de matérias-primas, que constituiu grande gargalo nos momentos mais agudos da pandemia e agora apresenta cerca da metade do potencial de causar preocupação nestes mercados.

É que as empresas procuraram se adaptar a essa questão desenvolvendo fornecedores locais, sem falar que em países como a China a frequência de lockdown caiu sensivelmente, permitindo com isso que o abastecimento se restabelecesse em vários segmentos, de acordo com fonte da CNI.

Já questões como a dificuldade na obtenção de crédito, em virtude dos altos juros, e carga tributária excessiva continuam tirando o sono dos empresários desses dois segmentos . Na área da transformação, em contrapartida, a questão dos insumos continua sendo a mais preocupante, no entender de 40,5% dos seus representantes, o que não deixa de ser um progresso, pois em setembro 51,8% dos entrevistados se disseram aflitos com este aspecto.

Comments


bottom of page